22 de ago de 2010

No meio do Ramadã

Começamos a nossa jornada pelo Oriente Médio.

Sem querer querendo, chegamos aqui no Egito no meio do Ramadã.

Ou seja, do amanhecer do dia até o pôr-do-sol, todos os restaurantes, cafés, mercados,.. ficam fechados e só abrem às 18:30 para servir o "café-da-manhã" deles, e aí é uma "festa", muita comida, bebida, cigarro e shisha (narguilé) até às 4:00hs, quando finalmente ele vão dormir.

Dia seguinte tudo igual, durante 1 mês os países islâmicos mudam sua rotina, as crianças estão de férias, o calor é mais que calor, e derretedor.

Eu sou esfomeada, não posso ficar muitas horas sem comer que já me dá mau-humor, quem me conhece já viu que mau que é esse humor!

Então imagine 47ºC às 16hs, eu com fome e sede e Cairo parece não estar nem aí para mim.

Encontramos um mini shopping center. Um oásis no meio do deserto! As 40 lojas de sapatos e bolsas (todas iguais, da mesma marca) estavam abertas! Não havia ninguém comprando, mas para mim tudo já parecia miragem e quando olho para cima vejo um grande M amarelo! Nããão acredito!!!!

O Mc Donald´s nunca me pareceu tão apetitoso, tão refrescante, comida + ar-condicionado. Como pode estar vazio?! Éramos os únicos clientes e por um instante até me senti mal de comprar uma bela porcariazinha daquela e devorar na frente dos empregados mulçumanos que jejuavam há 12hs.

Já que me rendi à mafia vermelha e amarela, pelo menos fui experimentar algo diferente, pedi o Mc Arabia Kofta! Pão árabe, com 2 kaftas dentro, molho de yogurte e….batata-frita!



Não pretendo matar minha fome durante todo o Ramadã com Mc Kofta, então estou me preparando piscologicamente e quem sabe tentar aderir ao jejum forçado.

Mas o que eu quero mesmo é que chegue logo às 18:30 para eu poder experimentar o Koshary, a comida típica do Egito, um arrozinho árabe com lentilhas, macarrão, cebola e grão de bico frito, molho de tomate e pimenta.

Aí sim vou matar a minha fome!


Um comentário:

  1. Oi Cris,vc recomendaria pra alguém viajar no Ramadã,já que passou pela experiência?

    ResponderExcluir