16 de fev de 2011

Saiu na Folha de São Paulo!


15 de fev de 2011

Mercado noturno :: Kota Kinabalu



Já perdi a conta de quantos mercados passei durante esta viagem e de quantas vezes já falei sobre eles… Mas foi na ilha do Borneo, na Malásia que o sol do fim de tarde brilhou em um mercado à beira do mar da China.  
Fica na cidade de Kota Kinabalu. 
A vibração é única e a qualidade da comida também. 
Atum, lula de todos os tamanhos, caranguejos e lagostas multicoloridas.
Lá você escolhe o seu peixe, seu crustáceo e leva para o churrasqueiro.
Escolhe a sua mesa e aguarda, ansiosamente! 
Eu comprei lulinhas, atum, camarões e um cacho (que parece o de uvas) de algas do mar. 
A comida chegou em pratos de plástico acompanhada de arroz cozido. 
Sobre a mesa fica um balde com um molho salgado-picante-doce, feito de pimenta, cebola, molho de peixe, açúcar, alho e limão.
Não há talheres, ou talvez haja, mas todos comem com as mãos e isso fez tudo ser ainda mais interessante e saboroso.
Este é o meu mercado, eu pensei. Minha escolha na Ásia. 


Alga do mar conhecida como Sea Grape, a uva do mar. 




Clientes escolhem o peixe para o jantar

Atum fresquíssimo sendo cortado



Filipinas e Malaicas se divertem no mercado de Kota Kinabalu.

Green Sea, Green Curry


A melhor refeição do mundo, ponto final.
No paraíso de uma ilha na Tailândia, provei o melhor curry verde.
O saber intenso, picante e fresco. 
Com os pés na areia, com vista para o lindo mar de Andaman.
E tudo isso por apenas R$5,00!

2 de fev de 2011

Feliz ano-novo...Chinês




 Amanhã é dia de festa, é dia de ano-novo, o ano do coelho. 
Todos os chineses do mundo estão comemorando, assim como a grande comunidade deles que vive aqui no Borneo, Malásia, onde estou agora. 
As ruas estão enfeitadas com as luminárias vermelhas, badulaques dourados pendurados por todo lado, os restaurantes e lojas chinesas fecharam cedo para celebrar.
O clima é de feriado. 
Tudo muito tranqüilo, sem alvoroço, parece mesmo São Paulo dia 31 de dezembro.
Para celebrar nada melhor do que Dim Sum, do tradicional, feito por chineses.
Um restaurante que vive lotado e faz fila na porta todos os dias e à toda hora, deve ser bom (e barato). Fui lá almoçar e aproveitei para gravar um vídeo da maestria do chef fazendo o Dim Sum de camarão com frango. Lindo de se ver, delicioso de se comer! Gong Xi Fa Cai!

Babi Guling em Bali


Entre arrozais, danças típicas, floresta de macaco no meio da cidade, galerias de arte, artesanato e até Starbucks, Ubud é uma cidade que transpira cultura e tradição. 
No centro da ilha de Bali, Ubud não tem os surfistas e as grandes ondas do sul, não tem as praias de areia vulcânicas do norte, não tem vulcão, mas tem charme e bons restaurantes.
E comida também é tradição e tradição é Babi Guling, um porco assado inteiro, como o nosso leitãozinho do natal. 
Carne macia, casca crocante. Acompanhado de arroz e molho picante, bien sur!
O restaurante Ibu Oka, fica em frente ao Ubud Palace, é famoso pelo Babi Guling, só abre para almoço (nossa digestão agradece) e faz fila na porta, todos os dias. 
Só não entendi se a fila é para comer o porquinho ou para beber uma cerveja Bintang bem gelada, raridade no calor deste país. 
Vale a pena conferir!



Dança tradicional de Bali
Macaco faz careta para os turistas na Monkey Forest em Ubud
Artista faz tradicional pintura em ovo




Restaurante Ibu Oka
Jalan Suweta/Tegal Sari No. 2, Ubud, Bali 80571, Indonesia